TJRO nega habeas corpus a vereador de Vilhena (RO)

A Justiça de Rondônia negou na manhã desta quinta-feira (15/12), dois Habeas Corpus que pediam a soltura ou prisão domiciliar do vereador Ângelo Marino Donadon Júnior, de Vilhena (RO). O ex-presidente da Câmara de Vereadores continua preso no Centro de Correição da Polícia Militar em Porto Velho (RO).

O Poder Judiciário rondoniense também negou o Habeas Corpus pedido pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), no qual se pedia a prisão domiciliar do acusado, que é advogado. O pedido foi indeferido pelos desembargadores da 1ª Câmara Especial do TJRO. O relator foi o desembargador Oudivanil de Martins.

No outro habeas corpus, no qual se alegou inocência do acusado em relação aos crimes que envolvem a liberação de loteamento em Vilhena (RO), também houve negativa da Justiça para que o vereador fosse libertado.

Fonte: Comjustica.com