Glaucione prefeita, eleitores exemplares, TJRO e a situação caótica da PC

Em Cacoal (RO)

A deputada estadual Glaucione Rodrigues (PMDB) e o empresário Cirone (PP) conseguiram conquistar os votos dos eleitores cacoalenses apresentando propostas e ideias concretas que poderão ser implantadas nos primeiros meses de 2017. A parlamentar com seu discurso firme, apesar do tom de voz sereno, porém arrojado, fez questão de trazer para a sociedade, juntamente com seu vice, um plano de governo real, pautado no compromisso com o desenvolvimento e progresso da cidade.

Rolim de Moura

Por falar em progresso, os candidatos e eleitores do município de Rolim de Moura (RO) demonstraram para Justiça Eleitoral rondoniense que sujar a cidade durante o período de campanha e no dia da eleição faz parte do passado. A atitude rendeu elogios do juiz da 29ª Zona Eleitoral, Jeferson Cristi Tessila de Melo. Durante entrevista ao site Comjustica.com, o magistrado fez questão de parabenizar publicamente os munícipes por meio do jornal eletrônico e através da Rádio Planalto 91,1-FM.

TJRO

Quem também merece elogios é o Poder Judiciário do Estado de Rondônia por implantar no início deste mês o Sistema Eletrônico de Informações (SEI). A nova ferramenta, além de extinguir com os processos administrativos físicos permitirá a Justiça rondoniense economizar com gasto de papel e proporcionar ainda mais celeridade processual.

Priorização do 1º Grau

Depois da inovação tecnológica, já em funcionamento, os serventuários e jurisdicionados aguardam ansiosamente as medidas que serão tomadas pela Justiça Estadual com relação à priorização do 1º Grau. Instituída pela Resolução do Conselho Nacional de Justiça n. 194, ela irá estruturar e implementar ações concretas e permanentes com vistas à melhoria dos serviços judiciários prestados pela primeira instância.

PC-RO

Mas, nem tudo são flores no âmbito da administração pública rondoniense. A situação da Polícia Civil no Estado encontra-se caótica. Delegados e agentes de polícia reclamam diariamente. Na verdade gritam por socorro nos outdoors espalhados em vários municípios. Pior é que, não existe, segundo informações repassadas ao Comjustica.com perspectivas de melhorias. A recomendação dada à população pelos policiais é de que cada um cuide do seu próprio patrimônio, pois apenas as ocorrências graves (homicídio, estupro e latrocínio) tem tido prioridades nas investigações. Isso porque é humanamente impossível realizar diligências com um déficit gigantesco de servidores.

E vai piorar

Pois, segundo um representante sindical da categoria, nenhuma providência emergencial tem sido tomada com objetivo de fornecer aos membros da honrosa Polícia Civil condições adequadas de trabalho. Quem ainda não viu e tem curiosidade de constatar as péssimas instalações das delegacias, basta visitar a mais próxima da sua cidade.

Detalhe, não recomento ir muito arrumado, ou seja, com roupas novas. Sugiro que você use aquela camisa, calça e sapatos bem desgastados. Quando chegar ao prédio entenderá o motivo do conselho.

Uma boa semana para todos.

Luiz Paulo Batista
Jornalista – DRT Nº 841/RO
Contato: comjustica1@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 4 =