Espigão do Oeste (RO): Vereadora pede anulação da sessão que escolheu membros das Comissões

A vereadora Lirvani Storch (PP) ingressou na última sexta-feira (06/01) com um pedido administrativo junto à presidência da Câmara de Vereadores do município de Espigão do Oeste (RO) solicitando a anulação da votação que escolheu a composição das Comissões Permanentes da respectiva Casa de Leis. Segundo ela, o rito utilizado infringiu a Constituição Federal, a Lei Orgânica e o Regimento Interno.

No documento, a vereadora afirma que durante a votação houve clara intenção de prejudicar, desrespeitar e humilhar alguns vereadores da casa, tendo em vista que, segunda ela, já havia acertos anteriores para definição dos presidentes, vice-presidentes e membros de cada Comissão. “Obtive um rascunho pertencente ao grupo, por meio de um informante que prefiro não identificar, onde constavam todos os nomes que seriam eleitos”, declarou.

Lirvani Storch disse ainda que, no dia da votação (03/01) teve acesso a uma nova lista que se encontrava nas mãos de um vereador. Nessa, de acordo com a vereadora, fora possível constatar que aqueles nomes já citados no rascunho estavam relacionados de forma idêntica, ou seja, demonstrando o acerto firmado anteriormente.

Caso seu pedido não seja deferido, a vereadora já adiantou que irá socorrer-se junto ao Poder Judiciário. “Tenho recebido inúmeras manifestações de apoio dos meus eleitores e demais munícipes com relação ao caso. Acredito que, o presidente terá sensibilidade para analisar a questão, porém se o entendimento for diferente daquilo que rege as leis e o regimento da casa acionarei a Justiça”, concluiu.

Primeira legislatura

Lirvani Favero Storch, advogada, tem 27 anos e foi eleita pelo PP para o quadriênio 2017/2020 com 476 votos.

Fonte: Comjustica.com

Fotografia: Gilmar Jesus