Deputado Jesuíno cobra de secretário pagamento de vigilantes

O deputado Jesuíno Boabaid (PMN) encaminhou ao secretário Williames Pimentel, da Secretaria de Estado da Saúde do Estado de Rondônia (Sesau), a cobrança dos trabalhadores que atuam como vigilantes atendendo a secretaria. O parlamentar tomou conhecimento da situação através de denúncia feita a um programa de rádio local.

De acordo com a denúncia feita por um vigilante, mesmo com o fato de a empresa Máxima Vigilância e Segurança ter contrato com o governo do Estado, os salários dos servidores não estão sendo pagos. Sendo assim, Boabaid encaminhou ofício ao secretário Pimentel.

No documento o deputado pede ao secretário o dia em que será realizado o pagamento pelo Estado de Rondônia para a empresa Proteção Máxima Vigilância e Segurança e a cópia do contrato com a empresa.

O parlamentar esclarece que de acordo com os termos do artigo 29, XVIII, XXXVI da Constituição Estadual e do artigo 29, §13, I e VII do Regimento Interno da ALE/RO, o secretário estadual de Saúde tem o prazo de até 10 dias para encaminhar a resposta ao parlamentar, ou justificativa pela impossibilidade no atendimento ao pleito.

Fonte: ALE/RO – Assessoria