Corpo de Bombeiros de Rondônia orienta sobre a utilização de fogos de artifício

Barulho e luzes coloridas no céu, os fogos de artifício são comumente usados por muitas famílias nas festas de fim de ano, mas o brilho e a beleza gerados pelo artefato também podem representar perigo. De acordo com o corregedor do Corpo de Bombeiros de Rondônia, coronel Gilvander Gregório de Lima, cerca de 20 ocorrências são registradas neste período do ano por pessoas que insistem em descumprir as dicas de segurança para uso dos fogos.

‘‘A utilização de fogos é muito perigosa porque pode ocasionar lesões quando feita de forma errada, danos muitas vezes irreversíveis, como queimaduras, lesões nos tímpanos e até incêndios’’, afirmou.

O problema se torna ainda mais grave quando praticado por pessoas alcoolizadas. Também é proibido que crianças façam o manuseio do artefato. O coronel explicou que dicas simples de fácil execução ajudam a evitar que o uso do artefato se torne um problema.

‘‘São procedimentos simples que vêm até escritos nas embalagens, e que as pessoas não observam e por isso as tragédias acontecem. Falta responsabilidade e conscientização de que estão manuseando um artefato explosivo’’, destacou.

Em caso de show pirotécnico, ele alertou que é indispensável a autorização do Corpo de Bombeiros. ‘‘O Corpo de Bombeiros deve ser avisado para vistoriar e avaliar se no local pode ser feita a queima de fogos’’, reforçou.

Fonte
Texto: Vanessa Moura
Fotos: Daiane Mendonça/Ésio Mendes