Auditoria operacional é tema de dissertação de mestrado defendida por conselheiro-substituto do TCE-RO

Será realizada nesta segunda-feira (19), a partir das 11 horas, nas dependências da Escola Superior de Contas (Escon), no segundo andar do edifício-sede do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RO), a defesa pública da dissertação de mestrado do conselheiro-substituto Francisco Júnior Ferreira da Silva, intitulada “Auditoria operacional como instrumento de modernização de políticas públicas regionais: um estudo de caso no Tribunal de Contas do Estado de Rondônia”.

A apresentação, cuja participação é aberta ao público, será feita à banca examinadora do Mestrado Profissional em Administração Pública (Profiap) da Universidade Federal de Rondônia (Unir), composta pelos professores doutores Mariluce Paes de Souza e Theophilo Alves de Souza Filho (membros internos) e Joliza Chagas Fernandes (membro externo), contando ainda com a participação do conselheiro do TCE-RO, Benedito Antônio Alves, como membro técnico.

O conselheiro-substituto Francisco Júnior, na elaboração de sua dissertação, foi orientado pelo professor doutor Flávio de São Pedro Filho, que também preside a banca examinadora.

O mestrando possui graduação em direito e é conselheiro-substituto do Tribunal de Contas desde 2011, onde ingressou após ser aprovado por meio de concurso público.

Fonte: Assessoria – TCE/RO