Através de emendas de três deputados, Cerejeiras recebe investimentos na agricultura familiar

Prefeito de Cerejeiras (RO), Airton (PP). 
Com a assinatura de mais quatro convênios, o governo de Rondônia, via Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), entrega equipamentos e implementos agrícolas que vão mecanizar mais empreendimentos da agricultura familiar em Ouro Preto do Oeste e em Cerejeiras. As assinaturas aconteceram no gabinete da secretária adjunta da Seagri, Mary Braganhol, nesta terça-feira (20), às 11h, no terceiro andar do edifício Jamari.
O primeiro convênio, por meio da emenda parlamentar do deputado estadual Marcelino Tenório, beneficia a Associação dos Produtores Rurais São Mateus de Ajuda Mútua (Aprusmam), de Ouro Preto do Oeste, com repasse de recursos no valor de R$ 35 mil para a compra de um distribuidor de calcário, uma balança para animais e uma ensiladeira.
O presidente da Aprusmam, Gedeci Soares (o conhecido Peu), ressaltou a importância dos equipamentos, pois “há muito necessitamos destes implementos, essenciais no dia-a-dia dos nossos associados. Agora podemos realizar mais alguns sonhos”.
Os outros três convênios beneficiam o município de Cerejeiras. Todos os equipamentos e recursos são oriundos de emendas parlamentares dos deputados estaduais Edson Martins, Luizinho Goebel e Lazinho da Fetagro.
Os implementos agrícolas: um pulverizador, duas carretas agrícolas e duas grades aradoras, serão adquiridos por meio de repasse de recursos no valor de R$ 80 mil. Os equipamentos referentes aos outros dois convênios, já adquiridos, que são: dois tratores, dois distribuidores de calcário e uma carreta agrícola, foram entregues ao prefeito Airton Gomes.
Mary Braganhol comemora mais estes compromissos cumpridos e lembra que “os recursos são oriundos dos cofres públicos, mas sua destinação depende das fortes parcerias da Seagri com os parlamentares, que sempre destinam a maioria das suas emendas para o setor produtivo, em especial para a agricultura familiar, que representa mais de 82 por cento de tudo que arrecadamos”.

Fonte: Assessoria