Aplicativo da Justiça Eleitoral fornece instruções e orientações para os mesários das Eleições 2016

Os mesários que trabalharão no segundo turno das Eleições Municipais 2016, neste domingo (30), contam com uma ferramenta para buscar instruções e orientações sobre o seu papel e atribuições no dia do pleito. Desenvolvido pela Justiça Eleitoral para dispositivos móveis (iOS e Android), o aplicativo “Mesários” pode ser baixado gratuitamente nas lojas on-line Google Play e Apple Store.

A ferramenta tem diversas informações para quem foi convocado ou se voluntariou para atuar como mesário nas Eleições 2016, tais como: procedimentos a serem executados na seção eleitoral no dia da eleição; dicas e soluções; calendário com datas importantes; e um “Quiz” com três níveis de dificuldade, para que o mesário possa testar seus conhecimentos. O App também indica o caminho para acessar conteúdos on-line, como manuais e vídeos de treinamento.

Os mesários têm papel fundamental para o bom andamento do processo de votação. Eles podem exercer diversas funções. Nas eleições deste ano, assim como em pleitos anteriores, esses colaboradores receberam treinamento específico da Justiça Eleitoral, a fim de que possam solucionar eventuais dúvidas ou questionamentos que venham a surgir no dia da votação, dentro de sua alçada de atribuições.

O presidente é a maior autoridade da seção, responsável por manter a ordem no recinto, iniciar e encerrar a votação e digitar o número do título do eleitor no microterminal, entre outras atribuições. Já o 1º e o 2º mesários são encarregados, por exemplo, de localizar o nome do eleitor no caderno de votação, colher sua assinatura e entregar o comprovante de votação. O secretário, por sua vez, tem como principal função preencher a ata da mesa receptora de votos, relacionando as ocorrências registradas no dia.

Ao trabalhar como mesário o cidadão está praticando um ato de cidadania, por contribuir para o processo eleitoral democrático. Além disso, o mesário obtém alguns benefícios: dispensa do serviço pelo dobro dos dias prestados à Justiça Eleitoral; auxílio-alimentação para o dia da eleição; créditos em disciplinas de cursos em instituições de ensino superior, se conveniadas com os Tribunais Regionais Eleitorais; vantagem de desempate em concursos públicos da Justiça Eleitoral; e vantagem de desempate em outros concursos públicos, se houver previsão em edital.

Acesse também o Canal do Mesário.

Aplicativos

A Justiça Eleitoral disponibilizou diversos aplicativos para dispositivos móveis – smartphones e tablets (Android e IOS).

Conheça aqui os aplicativos da Justiça Eleitoral para as Eleições 2016.

Fonte: LC/BB –  TSE